quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Eu gosto muito de estudar

"Meu nome é Lilian, tenho 16 anos e estudo na Escola João Dantas desde a 5ª série.
 Minha família é muito simples, nós nunca tivemos problemas sérios, só que sou filha de pessoas humildes, meu pai é pedreiro, mas no momento está trabalhando como servente. Minha mãe não está trabalhando agora, às vezes ela pega umas roupas de fora pra passar ou faz serviços como diarista em algumas casas e vende tapetes por 5 reais, que ela mesma faz. Tenho dois irmãos, um de dezoito anos que não está trabalhando, porque não serviu o quartel e não está conseguindo emprego por isso, mas ele vai resolver esse problema em agosto. Meu outro irmão é casado e não mora mais com a gente, ele trabalha em uma fábrica.
[...]

Eu não nasci aqui em Três Lagoas, sou da cidade de Valparaíso, interior de São Paulo. Lá nós também tínhamos uma vida simples, até eu completar uns sete anos nós morávamos numa fazenda, não se tinha muito que fazer ou brincar, eu era sozinha, ainda mais que eu e meu irmão brigávamos bastante, então era cada um no seu canto, não brincávamos juntos... Então o que eu mais fazia era assistir televisão.
[...]
A única escola que estudei aqui em Três Lagoas foi o João Dantas. Meu primeiro dia de aula foi diferente, eu sou muito vergonhosa e como não conhecia ninguém, não tinha nenhum amigo, fiquei no meu canto, sem conversar com ninguém. Às vezes um professor vinha conversar comigo, mas como sou tímida respondia meio sem jeito... Mesmo sendo tímida não tive problemas em fazer novos amigos na escola, me enturmei rapidinho, mas não encontrei nenhuma amiga em especial, como a Ana Carolina, aqui eu tenho vários amigos.
[...]

Nas minhas relações de amizade, teve uma vez só que passei por uma situação de discriminação. Já fazia um tempinho que tinha mudado pra cá, eu estava na 7ª série e fiz uma amiga lá na escola. Ela me chamou pra ir brincar na casa dela, depois da aula. Quando chegamos lá, sua madrasta disse que era melhor eu ir embora porque não tínhamos avisado a minha mãe que poderia ficar preocupada e por isso era pra que eu voltasse outro dia. No dia seguinte essa minha amiga me contou que a madrasta dela não quis que nós brincássemos, pois ela não gostava de gente da minha cor. Eu fiquei muito abalada com isso, ainda mais porque eu tinha acabado de fazer uma amizade. Nós duas não temos mais contato e desde que ela se mudou nunca mais nos vimos. Essa foi a única vez que aconteceu algum tipo de discriminação comigo.
Gosto da minha escola, já me acostumei com o jeito dos professores, converso com eles e não tenho problemas com nenhum aluno lá. Gosto muito de ir à escola, sempre acordo animada, claro que há dias que me dá preguiça, mas não tem nada que eu não goste na escola. Uma das minhas matérias favoritas é Química, não sei porque, mas me dou bem, ainda mais quando tenho que trabalhar com a tabela periódica, acho que é porque gosto de fazer experiências, já fiz até aquela que recicla papel.
 Se eu tivesse que mudar alguma coisa em mim seria meu cabelo, não é que eu não goste dele, mas às vezes não me dou bem. Tem dias que ele acorda bonito, mas tem dias que não, então eu acabo brigando com ele. É engraçado, mas é verdade, eu queria que ele fosse liso
É difícil falar da gente, mas se eu tivesse que me definir diria que eu sou uma pessoa legal, mas às vezes chata.  Sou nervosa e estressada ao mesmo tempo, ainda mais com coisas da escola, se tento fazer algo e não consigo, ai estresso, já saio rasgando folha, jogo caderno no chão, rabisco tudo. Pra essas coisas eu sou perfeccionista! Acho que minha maior qualidade é ser estudiosa, não sou muito trabalhadeira não... Mas gosto muito de estudar."





4 comentários:

  1. gostei muito da experiencia de vida da Linlian

    ResponderExcluir
  2. Olá Luciene!
    Ficamos muito feliz por você ter gostado da experiência de vida da Lílian, já temos outras entrevistas gravadas, que logo serão postadas aqui neste blog...
    Seu comentário é estimulador e nos faz ter mais ânimo para continuar com o projeto...
    Obrigada!
    Larissa

    ResponderExcluir
  3. Prezados Lourival, Adonis e Larissa,
    O blog está muito bonito e bem organizado. Além de estreitar os laços entre a universidade e a comunidade, o blog trata de questões necessárias e caras a nossa sociedade, em especial à educação.
    Parabéns pelo trabalho.
    Um abraço,
    Edson Rosa

    ResponderExcluir
  4. Lilian,Participante da entrevista26 de novembro de 2011 13:23

    Adorei participar da entrevista com o grupo da Universidade estão de parabéns por trazer algo diferente para a escola João dantas. bjos

    ResponderExcluir

Inserção na Prática da Escola Quilombola Antônio Delfino Pereira: Primeiros Passos

Alunos e alunas do 1º Ano "A" e "B" assistindo o filme do "Kiriku e a Feiticeira". Em resposta as ações...